Dev
Visões de Balanceamento, 13/08

Mudanças no Lucian

DevAutorRiot Truexy
  • Copiado para a área de transferência

E aí, pessoal! Estou aqui para falar um pouco sobre uma pequena atualização no Lucian que vai chegar junto com a 11.17. Aqui vai um resumão das mudanças:

  • Há uma pequena redução de dano no início de jogo em rota solo
  • Lucian recebe dano ao contato adicional quando sob efeitos concedidos por aliados (inclusive a Velocidade de Movimento concedida pelo W);
  • O dano do R agora escala com crítico, mas perdeu um pouco do dano base inicial

O desempenho do Lucian em partidas regulares tem estado bem abaixo da média durante a Temporada 11, em todas as funções (nas rotas inferior, do meio e superior). Não achamos problemático o fato de um Campeão atuar em várias funções, desde que existam contrajogadas. Inclusive, achamos que essa flexibilidade dá profundidade ao personagem. Entretanto, os problemas começam a surgir quando funções menos populares começam a ter taxas de vitória muito mais altas do que a função mais jogada. É aí que precisamos enfraquecer um Campeão que está forte demais em uma função na qual pouca gente gosta de usá-lo. Um caso expressivo disso é quando uma função alternativa começa a ser predominante no cenário profissional, fazendo com que a função principal deixe de ser tão usada nas partidas regulares.

O caso do Lucian é o último mencionado. Mesmo tendo uma taxa de vitória menor na rota do meio do que na rota inferior na maioria dos níveis de habilidade, ao ficar viável na fila solo, ele começa a dominar as escolhas na rota do meio e a ser banido frequentemente no cenário profissional. Isso significa que, sem uma forma de fortalecer o Lucian apenas na rota inferior, a força dele nessa rota acaba sendo levada à rota do meio em partidas coordenadas e de alto nível.

Queríamos entender por que os profissionais dão tanto valor ao Lucian da rota do meio, mesmo que ele esteja indo mal nas partidas regulares. Ao perguntar à nossa Equipe de Análise de Jogo, composta por antigos analistas, profissionais e jogadores de alto MMR, as respostas indicaram o seguinte: os profissionais valorizam poder no início de jogo; conseguem formar composições de dano misto mesmo sem um Campeão de PdH na rota do meio; e a ultimate do Lucian é uma ferramenta poderosa em rotas solo que permitem mais agressividade e menos pessoas para bloqueá-la.

Depois de entender as principais razões pelas quais o Lucian é mais poderoso nas partidas coordenadas, partimos para a etapa de como poderíamos resolver alguns desses pontos para atingir nosso objetivo final: dar força ao Lucian da rota inferior sem fazer com que o Lucian das rotas solo dominasse o cenário profissional. Ao explorarmos ideias, nossa atenção foi para a diferença mais óbvia entre essas rotas: o Lucian da rota inferior quase sempre está acompanhado de um suporte.

Nossa primeira ideia foi limitar o poder do Lucian na fase inicial das partidas ao aumentar os custos de Mana dele. Mas com um detalhe: se Lucian estivesse acompanhado de um aliado, ele receberia ainda mais Mana, permitindo o uso incansável de seu Q/E e causando o caos de que tanto gosta na rota inferior. Até tivemos algumas ideias mais mirabolantes, como a do Lucian restaurando o Mana dele e de um aliado, levando a situações absurdas em que suportes como Taric e Lulu teriam Mana infinito para fortalecê-lo. Porém, havia um problema fundamental: nem sempre o Lucian está acompanhado de um aliado durante toda a partida. Apesar da rota inferior ter duas pessoas, há muitos casos em que o Lucian quer se dedicar a investidas divididas, principalmente por ter uma poderosa capacidade de duelo. E essa independência toda é essencial para muita gente que escolhe o Campeão. Então o objetivo 2 se tornou: em vez de fazer com que o Lucian fique mais fraco quando está sem um aliado, vamos fazer com que ele fique ainda mais forte com um aliado. Assim, ele não fica tão desamparado ao fazer uso de toda aquela independência.

Isso trouxe um terceiro objetivo crucial. Já é superdivertido jogar com o Campeão, ele só está um pouco fraco. Não queremos reinventar a roda e criar mil regras complexas que diminuam o atrativo principal do Lucian. Às vezes, simplicidade é a solução. Com isso em mente, decidimos dar dano adicional ao Lucian sempre que ele estiver fortalecido por um aliado. Essa solução cria uma forma dos suportes ajudarem o Lucian a infernizar os inimigos no início do jogo, e sem impactar o padrão de uso constante de habilidades e movimentação, algo característico do Campeão. Com mais poder para iniciar um efeito bola de neve na rota inferior, a ameaça representada pelo Lucian pode durar mais tempo, já que ela diminui conforme o jogo avança.

Por último, temos a ultimate do Lucian, uma habilidade que escala muito com o aumento de nível, o que acontece mais rapidamente em rotas solo. Essa EXP faz com que a ult do Lucian numa rota solo fique disponível bem mais cedo do que na rota inferior, o que impacta bastante a fase de rotas. A ameaça constante de abate contra oponentes de nível 6 com muita Vida também é algo que faz com que o Lucian de rota solo domine essa rota. Para resolver isso, fizemos uma transferência de poder em O Expurgo, fazendo com que um dos escalamentos (número de disparos) passasse a ser baseado em itens, não em experiência, sendo mais consistente entre as rotas. Assim, o Lucian da rota inferior não precisa mais esperar os níveis 11 e 16 para alcançar os picos de poder com o dano da ultimate. Ah, mais uma coisa: ver O Expurgo fazer mais disparos conforme você consegue mais itens é um show à parte.

Com uns retoques nos atributos base e nos efeitos visuais, o Lucian deve ter algumas novas ferramentas para deixá-lo à vontade na rota inferior mais uma vez, tudo sem afastá-lo de sua identidade de pistoleiro independente.



  • Copiado para a área de transferência